RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado com relatopb

Mulher Melão faz campanha em prol do topless (veja as fotos)

27.12.2016

 

"O que vai ter de homem 'tarando' nas mulheres fazendo topless... Tudo safado!", disparou Renata Frisson, a Mulher Melão, que apoiou o movimento ToplessinRio na manhã de terça-feira, 20, na praia de Ipanema. Após tirar o sutiã e participar do "toplessaço", a funkeira quis saber a opinião dos banhistas e foi de peito aberto - literalmente - defender o direito das mulheres de ir à praia sem a parte de cima do biquíni.

 

Para fazer a reportagem, Melão interrompeu uma partida de futevôlei, requebrou ao som improvisado feito por um vendedor ambulante em um alto-falante e arrancou o sutiã logo na primeira entrevista. "Eu ficaria bem feliz, eu adoraria muito (se o topless fosse legalizado)", opinou um banhista.

 

Como não perde tempo, Melão aproveitou para flertar. Assim que avistou um rapaz deitado debaixo de um guarda-sol, a funkeira não perdeu tempo. "Tá sozinho, gatinho carente? Só vendo os peitinhos?", perguntou ela ao mineiro Rafael. "Só admirando a paisagem", respondeu ele, de olho nos seios de Renata. Mas nem todo mundo aprova a legalização do topless. "A mulher não vai ter sossego para ficar na praia. Vai ser uma muvuca", disse outro entrevistado.

 

'O importante é termos liberdade para fazer quando quisermos'

A campanha ToplessinRio começou com um evento no Facebook que, após reunir 50 mil pessoas, chegou a ficar oculto na rede por ser alvo de ataques. Pouco depois, a idealizadora Ana Paula Nogueira, de 35 anos, voltou a colocá-lo como público e o movimento seguiu sendo criticado. Segundo ela, a proposta é justamente promover um debate sobre a não-criminalização da nudez feminina e decretar o "fim da repressão policial sobre os corpos".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags:

Please reload

Please reload

Últimas Notícias
1.jpg