Real Madrid vence o Getafe, se distancia do Barcelona e fica mais perto do título espanhol


Autor da jogada que gerou o pênalti salvador, o lateral-direito Carvajal falou após a partida sobre a vitória difícil sobre o Getafe: - São mais três pontos, foi o que conseguimos hoje, para ampliar a distância. Depois do tropeço do Barcelona, estava claro que para a gente essa era uma final, mas o Getafe nos deu muita dificuldade, especialmente no primeiro tempo. O Míster (Zidane) fez quatro, cinco mudanças, e conseguimos a vitória. Está claro que agora, com quatro pontos de vantagem, nós dependemos de nós mesmos - afirmou Carvajal na transmissão do jogo.


NADA NO PRIMEIRO TEMPO: Com boa marcação, e facilitado por atuações muito pouco inspiradas de toda a linha ofensiva do Real Madrid, formada nesta quinta por Modric, Isco, Vinicius Junior e Benzema, o Getafe ditou o ritmo do primeiro tempo. Ainda assim, pouco incomodou o goleiro Courtois. No único bom ataque do Real na primeira etapa, aos 22, Vinicius Junior recebeu cruzamento de Mendy e desviou de primeira, mas o goleiro Soria impediu o gol com ótima defesa no canto esquerdo.


SÓ O SUFICENTE NO SEGUNDO TEMPO: O Real Madrid conseguiu voltar ainda pior no segundo tempo, a ponto de Zidane fazer três substituições aos 18 minutos: Rodrygo, Asensio e Valverde nas vagas de Isco, Vinicius Junior e Modric. Mas não se viu melhora na atuação merengue, e o tropeço parecia inevitável, até que Carvajal invadiu a área pela direita e foi derrubado por Mathías Oliveira ao tentar o drible para dentro. Pênalti salvador, cobrado com categoria por Sérgio Ramos.

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb