Paraíba identifica dois tipos de vírus da dengue no estado, diz boletim


Existem dois tipos de vírus da dengue (sorotipos denv-1 e denv-2) registrados no estado, de acordo com o sétimo Boletim Epidemiológico das Arbovirores (dengue, zika e chikungunya) na Paraíba, divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta segunda-feira (31). Até o momento foram registrados 5.186 casos prováveis de dengue, 1.119 de chikungunya e 243 do vírus zika.


Foram registradas 19 mortes suspeitos por arboviroses, sendo dois casos confirmados por dengue em Sapé e Santa Rita e dois casos confirmados por chikungunya, em João Pessoa. São seis casos descartados ao todo e nove ainda seguem em investigação. O relatório aponta que a notificação dos agravos sofreu uma queda, em relação ao mesmo período no ano anterior, o que reflete a necessidade de intensificar a notificação dos casos pelos municípios. No mesmo período de 2019, foram confirmados 13 mortes, destas, nove foram por dengue, 3 por zika e 1 por chikungunya.

As regiões com maior incidência de arboviroses são a 13ª, 4ª e 15ª Região de Saúde:

  • 13ª Região de Saúde: Cajazeirinhas, Lagoa, Paulista, Pombal, São Bentinho e São Domingos.

  • 4ª Região de Saúde: Baraúna, Barra de Santa Rosa, Cubati, Cuité, Damião, Frei Martinho, Nova Floresta, Nova Palmeira, Pedra Lavrada, Picuí, São Vicente do Seridó, Sapé e Sossêgo.

  • 15ª Região de Saúde: Alcantil, Aroeiras, Barra de Santana, Barra de São Miguel, Boqueirão, Cabaceiras, Caturité, Gado Bravo, Natuba, Queimadas, Riacho de Santo Antônio, Santa Cecília, São Domingos do Cariri e Umbuzeiro.


RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb