Dupla é presa, em Campina Grande, suspeita de participação no ataque ao PB1



Um casal foi preso, em Campina Grande, suspeito de participação no ataque ao PB1, no dia 10 de setembro. Eles foram capturados na manhã desta segunda-feira (22).

Na fuga em setembro, 92 detentos fugiram da Penitenciária Romeu Gonçalves Abrantes, o PB1, na Capital. Um grupo atacou com tiros e explosão do portão e libertou três dos quatro envolvidos no ataque a um carro forte, em Lucena.

Os dois presos de hoje foram identificados como Luciene Benedito dos Santos, de 30 anos, e Wellington Santana Martins, de 34 anos. Ela foi encontrada no bairro do Tambor e ele foi achado na Vila Cabral de Santa Terezinha.

A dupla tem relação com o grupo que foi detido em um flat, em João Pessoa, no mesmo dia do ataque ao PB1. Os presos são acusados de assaltar bancos pelo Nordeste e a suspeita é de relação da quadrilha com Romarinho, o chefe do quarteto que atacou o carro forte em Lucena e que motivou o ataque ao PB1.

O casal foi levado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande.,


Fonte: ClickPB

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb