Semelhantes na fala, distintos no estilo, Haddad e Ciro disputam a esquerda



Próximo à reta final do primeiro turno, marcado para 7 de outubro, e em momento em que pesquisas de intenção de voto afunilam os presidenciáveis com mais chances de vencer o pleito, os candidatos à Presidência Fernando Haddad (PT)e Ciro Gomes (PDT) disputam os votos de eleitores de esquerda e centro-esquerda. Cada um com suas particularidades, mas também semelhanças ao buscar esse objetivo.


De acordo com pesquisa Datafolha de 20 de setembro, ambos aparece atrás de Jair Bolsonaro (PSL), que tem 28% das intenções de voto, e hoje brigam por uma vaga no segundo turno. Haddad tem 16% e Ciro, 13%. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Já na pesquisa Ibope desta segunda-feira (25), Haddad tem 22% e Ciro, 11%.


No último final de semana, por exemplo, ambos escolheram passar por Minas Gerais, por Pernambuco e outros estados do Nordeste em campanha. Os dois primeiros são os líderes em eleitores sem candidato definido ou que pretendem votar em branco ou nulo, segundo a mesma pesquisa, em comparação com outros estados pesquisados (São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal). Em Pernambuco, o índice chega a 16%. Em Minas, 14%. A média nacional é de 12%.


Fonte: UOL

#relatopb

Sem título-2.png