Morre o 3° militar do Exército baleado em operação desde o início da intervenção na segurança do Rio


O soldado Marcus Vinícius Viana Ribeiro morreu, na manhã desta quarta-feira (22), no Hospital Salgado Filho, no Méier. Ele é o terceiro militar morto desde o início da intervenção federal na segurança pública do Rio. Em nota, o Comando Militar do Leste lamentou a morte do soldado e disse que todas as medidas administrativas e judiciais cabíveis estão sendo tomadas.


Marcus foi ferido na perna, na segunda-feira (20), durante a operação das tropas federais no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu aos ferimentos e morreu nesta manhã.


Na segunda, o cabo Fabiano de Oliveira Santos, de 36 anos, e o soldado João Viktor da Silva, de 21, morreram durante a operação. Eles foram enterrados em Japeri, na Baixada Fluminense, na tarde de terça-feira (21).

Segundo os familiares dos dois militares, eles lutaram muito para entrar para o Exército. Fabiano era motorista de ônibus e estudou muito para passar na prova. Já alistado, foi convocado para operação no dia do 36º aniversário. João Viktor sonhava ser paraquedista.


“Era a vida dele ser paraquedista. Um sonho realizado. Mas a gente não sabia que ia ser interrompido”, lamentou a ex-cunhada do soldado, Mara Bastos.

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb