Autonomia da UEPB será discutida na Câmara de Vereadores de CG



Será realizada nesta quinta-feira (09), no Plenário da Câmara Municipal de Campina Grande, a partir das 10h, uma audiência pública para discutir a situação financeira da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no tocante à preservação da sua autonomia. A propositura é da vereadora Ivonete Ludgério (PSD), presidente do Poder Legislativo campinense.

Além dos vereadores, do corpo docente e da Reitoria da UEPB, foram convidadas algumas autoridades e representantes do Governo do Estado para debater sobre os problemas financeiros enfrentados pela instituição, incluindo o governador Ricardo Coutinho. De acordo com o reitor Rangel Junior, somente esse ano, o governo estadual retirou R$ 41 milhões do orçamento da Universidade.

Na semana passada a presidente Ivonete Ludgério esteve reunida com a Reitoria da UEPB e se mostrou preocupada com esse problema de ordem financeira. “A UEPB é uma das mais importantes instituições de ensino superior do nosso Estado. Ela merece mais atenção e respeito do poder público estadual e por isso vamos realizar essa audiência. Desejamos, que ao término do debate, sejam apresentadas soluções viáveis e definitivas para esse problema que atinge diretamente milhares de jovens estudantes”, declarou a vereadora Ivonete.

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) vive um momento delicado de sua história, com cortes orçamentários, demissão de servidores, interrupção de atividades que têm ameaçado o futuro da Instituição. Esta crise financeira que a Universidade atravessa chamou a atenção da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) que, atendendo a uma propositura da vereadora Ivonete Ludgério, presidente do legislativo campinense, realizará na manhã desta quinta-feira (9), às 10h, uma Audiência Pública para discutir os problemas da Universidade.

O reitor Rangel Junior destacou a iniciativa proposta pela vereadora e parabenizou a todos os legisladores de Campina Grande por aceitarem mais uma vez abrir o espaço da Câmara para que os assuntos da Universidade possam ser debatidos. Ele reforçou que a UEPB tem enfrentado uma das mais sérias crises de sua história, com cortes sucessivos no seu orçamento, o que tem prejudicado também o desenvolvimento de projetos de extensão. Para se ter uma ideia, o corte de R$ 41 milhões do orçamento desse ano corresponde a praticamente dois meses de todas as despesas da Instituição.


Fonte: PBAgora

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb