Apesar de decisão judicial, protesto continua nesta quinta-feira e falta combustível na maioria dos


O protesto dos caminhoneiros contra os altos preços dos combustíveis se mantém nas primeiras horas desta quinta-feira (24) apesar de decisão liminar contrária, e os representantes da categoria afirmaram que pretendem continuar com o movimento. Mas a Polícia Militar chegou nesta manhã ao Porto de Cabedelo para garantir o cumprimento da decisão. Já falta combustível na maioria dos postos.


Emerson Galdino, presidente do Sindicato dos Condutores e Empregados em Empresas de Transporte de Combustíveis, Produtos Perigosos e Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (SINDCONPETRO-PB), disse que os caminhoneiros não estão obstruindo a entrada da distribuidora, como alega a Petrobrás Distribuidora S/A na ação judicial.

"A gente não obstruiu nenhuma entrada de distribuidora. A categoria vem fazendo um movimento de forma pacífica e ordeira e liberando o percentual que é para atender os serviços essenciais, para abastecer ambulâncias, viaturas de polícia e os geradores dos hospitais, a gente vem atendendo isso aí sim", assegurou.


No entanto, ele denunciou que apesar da categoria estar liberando combustíveis para os serviços essenciais, as distribuidoras estariam mandando o produto para os postos bandeirados, e não para os que fornecem para os serviços essenciais.

Nesta quinta-feira (24), a redução das frotas de ônibus de João Pessoa e Campina Grande permanecem. Os caminhões que abastecem os postos de combustíveis estão parados no Porto de Cabedelo, em protesto.


Em Campina Grande, a redução atingiu 38% da frota nesta quinta-feira. Em João Pessoa, reduziu-se a frota em 25% ontem e falou-se em uma redução de 50% da frota para hoje, mas não há confirmação ainda do percentual aplicado. Segundo o superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivos Urbanos (Sintur-JP), Isaac Júnior, já tem empresa de ônibus sem combustíveis.



#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb