João Pessoa vai ganhar mirante público e polo gastronômico nas alturas


A construtora TWS, numa decisão acertada e oportuna, modifica o projeto original daquele que será o segundo maior edifício do Brasil, perdendo apenas para o Millenuim Palace (Balneário Camboriú - SC). A previsão de inauguração do Tour Geneve está prevista para o mês de abril.

O edifício surpreende com a altura de 51 andares, bem como pela inovação de um projeto totalmente sustentável, detentor de várias certificações de qualidade, entre elas uma das mais importantes da construção civil em termos de sustentabilidade, o selo AQUA.

Para se ter uma ideia, a cada 600 projetos (aproximadamente) que são submetidos à avaliação pela Fundação Vanzolini, somente um é aprovado.


O que antes seria a tão especulada “mansão suspensa” de mil metros quadrados, dividida em 3 andares, agora dará lugar a um espaço aberto ao público (moradores e turistas) onde a cidade poderá ser vista do alto de mais de 200 metros (somando-se a altura da torre com a altura da barreira do Cabo Branco).

Serão ao todo três restaurantes panorâmicos (sendo 1 em cada andar) e um mirante provisoriamente intitulado “TWS SKY”. Abaixo desse complexo de lazer, nos últimos andares do residencial, haverá uma cobertura duplex de 700 metros quadrados, não tão menos luxuosa do que seria o triplex.

Ao que tudo indica, o novo equipamento turístico e de lazer terá entrada e elevador exclusivo, dando a João Pessoa uma sofisticação de grandes e importantes cidades do mundo. Serão os restaurantes mais altos, bem como o mirante público sobre torre mais alto do Brasil.

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb