Bolsonaro é recebido como 'popstar' em meio a quebra-quebra e confusão em Belém


"Fecha tudo, tudo. Estão derrubando o portão. Corre porque eles vão invadir", gritava um segurança, desesperado. O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) se aproximava de um salão de eventos em Belém (PA), onde daria uma palestra para seus fiéis seguidores.


A carreata dobrava a esquina e o aviso do vigilante surgiu tarde demais. Os seguidores do pré-candidato a presidente da República tiveram um momento 'black bloc' - grupo que prega depredação do patrimônio - e quebraram os portões e uma vidraça do salão de eventos onde o parlamentar falaria.


Bolsonaro visitou a cidade no início das festividades do Círio de Nazaré, romaria com dois milhões de fieis em homenagem à Nossa Senhora do Nazaré. A procissão atraiu políticos em busca de visibilidade: o deputado e o presidente Michael Temer (PMDB) visitaram a cidade nesta quinta. Na sexta, o prefeito de São Paulo e apontado como pré-candidato à Presidência, João Doria (PSDB), também desembarca em Belém.


No aeroporto, Bolsonaro foi recebido por milhares de pessoas - parecia um "popstar". Nos discursos que proferiu durante o dia, destacou várias vezes que "não é candidato" - uma maneira de driblar a lei eleitoral que proíbe campanha antes da hora.

- Veja mais em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2017/10/05/bolsonaro-e-recebido-como-popstar-em-meio-a-quebra-quebra-e-confusao-em-belem.htm

#relatopb

Sem título-2.png