Pessoas querem "parar o Brasil, e esse desejo não tem limites", diz Temer


Antes de viajar para a China nesta terça-feira (29), o presidente da República, Michel Temer (PMDB), afirmou saber que pessoas querem "parar o Brasil, e esse desejo não tem limites". O presidente não citou nomes. No entanto, a fala acontece na semana em que há a expectativa de ser apresentada uma segunda denúncia contra ele pela PGR (Procuradoria-Geral da República).


"Sabemos que tem gente que quer parar o Brasil, e esse desejo não tem limites. Quer colocar obstáculos ao nosso trabalho, semear a desordem nas instituições, mas tenho a força necessária para resistir", declarou, ao acrescentar que o governo faz o necessário e serve "apenas à sociedade brasileira". Para Temer, é preciso ter sobriedade, responsabilidade e paciência e "nenhuma força" o desviará desse rumo.


O presidente voltou a dizer que o país é maior do que seus problemas e aflições e, o brasileiro, "trabalhador e generoso".


Na avaliação de Temer, se as pessoas estão "desconfiadas da política é porque já sofreram muito e amargaram grandes decepções", embora ressalte que torcem para que dê certo e "vai dar certo".

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb