Nomes citados pelo prefeito de Bayeux durante gravação que flagrou extorsão também estão na mira da


Os nomes citados pelo prefeito de Bayeux, Berg Lima (Podemos), na gravação, enquanto ele recebia dinheiro, fruto de extorsão a um empresário, também serão investigados pelo Ministério Público da Paraíba. Na filmagem, Berg sugere que o empresário faça uma parceria com “Emerson, de Santa Rita”. A justiça vai investigar se o nome citado é o do prefeito da cidade vizinha, Emerson Panta (PSDB). Segundo o promotor de Justiça e coordenador do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual, Octávio Paulo Neto, que comandou a ação, nada passará despercebido nesse caso. Ele lamentou que um gestor tão novo esteja envolvido em velhas práticas ilícitas, e considerou a investigação que culminou no flagrante e na prisão do gestor como exitosa. Segundo a vítima, esse já era o terceiro pagamento feito ao prefeito desde que firmou contrato com a gestão municipal. O empresário fornecia comida para unidades de saúde da cidade e tinha pouco mais de R$ 120 mil a receber.


por PBagora

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb