Geddel Vieira Lima é preso pela PF na Bahia


O ex-ministro Geddel Vieira Lima foi detido nesta segunda-feira (3) pela Polícia Federal na Bahia. De acordo com o MPF (Ministério Público Federal), o ex-ministro estaria tentando obstruir investigação que apura irregularidades na liberação de recursos da Caixa Econômica Federal.

Geddel foi levado para a Superintendência da Polícia Federal em Brasília, onde chegou na madrugada desta terça-feira (4).

Ainda segundo o MPF, a prisão tem como "fundamento elementos reunidos a partir de informações fornecidas em depoimentos recentes do doleiro Lúcio Bolonha Funaro, do empresário Joesley Batista e do diretor jurídico do grupo J&F, Francisco de Assis e Silva, sendo os dois últimos, em acordo de colaboração premiada". No pedido enviado à Justiça, os autores afirmaram que o político tem agido para atrapalhar as investigações.

O objetivo de Geddel, que ocupou a Secretaria de Governo no início do governo de Michel Temer, "seria evitar que o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e o próprio Lúcio Funaro firmem acordo de colaboração com o Ministério Público Federal. Para isso, tem atuado no sentido de assegurar que ambos recebam vantagens indevidas, além de 'monitorar' o comportamento do doleiro para constrangê-lo a não fechar o acordo".

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb