Esquema de fraudes a concursos desbaratado na PB "aprovou" mais de 400 pessoas


Um esquema de fraudes em concursos públicos neneficiou mais de 400 pessoas na Paraíba e em outros estados do Nordeste. Ao todo 19 pessoas suspeitas de envolvimento com a quadrilha foram presas neste domingo (07), durante a ‘Operação Gabarito’, deflagrada pela Polícia Civil da Paraíba.

O delegado titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) da Capital, Lucas Sá, disse que entre os concursos investigados estão concursos para Guarda Municipal (João Pessoa, Bayeux, Cabedelo), Prefeituras Municipais (João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Conde, Alhandra e outras cidades do interior da Paraíba), Câmara Municipal de João Pessoa, Corpo de Bombeiros da Paraíba, Polícia Militar da Paraíba e diversos outros concursos, em nível municipal, estadual e federal.

De acordo com a Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) da Capital, a organização criminosa estava sendo investigada há aproximadamente três meses, e confirmou que os suspeitos atuaram por pelo menos uma década, conseguindo “aprovar” servidores em instituições municipais, estaduais e federais.

Segundo a Polícia Civil, o esquema fraudulento gerou mais de R$ 12 milhões para a quadrilha.

Os suspeitos foram presos em um condomínio de luxo no bairro do Cabo Branco, em João Pessoa, e foram encaminhados para a Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, na Capital.

#relatopb

Sem título-2.png