Após professores,servidores da UEPB entram em greve nesta terça-feira


O presidente do Sindicato dos Servidores Técnico-Administrativos da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Fernando Borges, comentou sobre a greve iniciada pela categoria e explicou que os servidores decidiram pela paralisação após requisitarem audiência junto ao governador Ricardo Coutinho (PSB) por seis vezes.

Ele declarou que o orçamento anual da UEPB foi anunciado no valor de R$ 370 milhões, mas fixado no valor de R$ 290 milhões pelo governador.


Fernando afirmou que não entende a indisposição de Ricardo Coutinho ao não conceder uma oportunidade de conversa com os servidores e reclamou de incoerência por parte do gestor.

– A greve é o último recurso que os trabalhadores têm. O governo tem feito uma estratégia de ano a ano aprovar na Assembleia Legislativa um orçamento e publicar, no início de cada ano, um calendário de duodécimos fixando um valor diferente. Foram várias tentativas de convencer o governador para que a gente pudesse discutir a realidade do Estado – frisou.

Segundo Fernando, os servidores vão realizar uma manifestação em frente à reitoria da Universidade Estadual da Paraíba na tarde desta terça-feira (25) e dialogar com o comando de greve para definir as demais atividades para esta semana.

*As informações foram concedidas em entrevista à Rádio Caturité AM.

Foto: Paraibaonline

Fonte: Paraibaonline

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb