Manifestantes invadem Congresso em protesto contra a reforma da Previdência


Manifestantes acabam de invadir o Congresso Nacional, protestando contra a reforma da Previdência, e entraram em confronto com a polícia. As primeiras informações dão conta que cerca de cem pessoas participam do protesto e a polícia utilizou spray de pimenta contra os manifestantes.

Vídeos mostrando a ocupação já começam a circular pelas redes sociais, mostrando a confusão, correria e desespero. Um vidro chegou a ser quebrado pelos manifestantes, que forçaram a entrada no Congresso.


"Pancadaria no Congresso Nacional contra reforma da Previdência. Bombas e gás de pimenta", twitou um internauta.

A Comissão da Reforma da Previdência (PEC 287/16) transferiu para amanhã a apresentação do parecer do relator, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA).

  • Apresentação do relatório da reforma da Previdência é adiada para quarta

Na semana passada, Maia apresentou uma versão preliminar do seu parecer com mudanças que eliminam a idade mínima para que uma pessoa entre na regra de transição da reforma; que era de 45 anos para a mulher e de 50 anos para o homem na proposta original. Na proposta do governo, o cidadão teria que cumprir um pedágio de 50% do tempo de contribuição calculado pelas regras atuais.

#relatopb

Sem título-2.png