Trabalhadores rurais fazem protesto em JP contra Reforma da Previdência


Trabalhadores rurais participam, nesta sexta-feira (17), de uma audiência pública, na Assembleia Legislativa da Paraíba, onde serão discutidos os reflexos para a categoria caso a Reforma da Previdência seja aprovado pelo Congresso Nacional. Antes da audiência, os trabalhadores percorrerão as ruas da Capital para protestarem contra as mudanças.


A concentração ocorre às 7h, em frente à sede dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Paraíba (Fetag-PB), na Rua Rodrigues de Aquino, no Centro. De acordo com a organização do evento, estão sendo esperados 5 mil pessoas de várias partes do estado.


Segundo o presidente da Fetag, Liberalino Lucena, o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) é radicalmente contra qualquer Reforma que represente a perda de direitos, arduamente conquistados. “Essa proposta onde homens e mulheres se aposentam apenas aos 65 anos de idade é um absurdo, e fere em cheio os direitos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, que começam a trabalhar muito cedo e hoje se aposentam aos 55 anos as mulheres, e os homens aos 60 anos. Na verdade, vão inviabilizar o acesso deste público à aposentadoria, já que em muitos municípios, a expectativa de vida não chega a 70 anos de idade”, afirmou.

A audiência foi proposta pelos deputados Jeová Campos e Estelizabel Bezerra, ambos do PSB.

por Portal correio

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb