Manoel Junior evita polêmica com senador Lira e diz que no "PMDB não há crise" e alfineta


Da ‘ala’ que apoia as decisões de José Maranhão à frente do PMDB da Paraíba, o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, minimizou a dissidência criada no seu partido depois que os deputados federais Veneziano Vital do Rêgo, Hugo Motta e André Amaral, além do estadual Nabor Wanderley, realizarem uma reunião na última quinta. Para ele, não há crise no PMDB. “Nós não temos nenhuma crise, vamos superar tudo isso e essa reunião foi adiada a pedido de Roberto Paulino”, disse Manoel Junior destacando ainda que não tem como avaliar a postura atual do Senador Raimundo Lira de ser contrário a aliança do PSDB com o PMDB. “Eu tenho ajudado procurar que o PMDB cresça e vamos fazê-lo mais forte no próximo ano”, disse. Em entrevista recente ao Sistema Arapuan de Comunicação, Manoel contou acreditar que os companheiros que estão ao seu lado tomaram a melhor decisão ao deixar projeto do governador. Para o ex-deputado federal, os peemedebistas que estão apoiando Coutinho, estão sendo usados para causar cizânia. “Tem que ver quem está certo, quem está errado e eu acho que estamos no caminho certo por conta das humilhações que passamos como apoiador de Ricardo”, asseverou. por PB Agora

#relatopb

RelatoPB

Aqui se fala

© 2016 por "RelatoPB". Orgulhosamente criado por relatopb