Cartaxo nega articulação para Manoel Jr. ser vice sem precisar renunciar ao mandato de deputado


O prefeito reeleito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), negou que esteja em andamento uma articulação para que o deputado federal Manoel Júnior (PMDB) assuma a função de vice-prefeito no dia 1º de janeiro de 2017 sem a necessidade de renunciar ao mandato parlamentar.


“Isso é especulação, não estamos tratando isso de forma alguma. Nós estamos focados na gestão, ainda temos três meses do primeiro mandato e vamos planejar os cenários até 2020. Vamos trabalhar com a equipe completa”, disse.


O gestor também apostou que a aliança envolvendo PSD, PMDB e PSDB permanecerá nas eleições de 2018 ao destacar o desempenho eleitoral das oposições nas principais cidades do estado.


“A aliança continua, nós fizemos uma aliança para não pensar apenas em 2016, mas um projeto de futuro, compõe grandes quadros em nível estadual. É uma oportunidade de unir forças num cenário de dificuldade do ponto de vista econômico”, falou.


Ele ainda criticou o governador Ricardo Coutinho (PSB) pelas articulações que envolvem as saídas de prefeitos eleitos de seus partidos para migrarem para o PSB.


“É preciso respeitar o resultado das eleições. Não se pode escolher um prefeito e no outro dia mudar de partido. Isso é uma coisa fundamental no processo democrático”, avaliou.


#relatopb

Sem título-2.png